Adaptação de Walcyr Carrasco que aborda reflexão sobre os paradigmas da beleza ganha nova edição pela Editora Moderna

Inspirada em clássica peça francesa, a obra O menino narigudo tem novo projeto editorial

Matéria e foto: Divulgação

A aparência sempre foi tema de debate de diferentes gerações e não poderia deixar de ser assunto para Walcyr Carrasco, um dos grandes narradores do cotidiano. Em sua obra O menino narigudo, o autor traz uma adaptação infantojuvenil para Cyrano de Bergerac, de Edmond Rostand, clássica peça teatral francesa. Em sua terceira edição, o título ganha nova capa e um projeto editorial reformulado pela Editora Moderna, com gravuras que incentivam ainda mais a imaginação dos leitores.

Nessa história, Cirano é um menino muito inteligente e amante de literatura e poesias. Dono de um nariz imenso, acredita que essa característica é a única coisa que as pessoas enxergam nele. Sua insegurança o impede de revelar sua paixão pela colega, Roxane, uma linda garota que também tem fascínio pela arte da escrita. Tudo isso ainda conta com o empecilho de que a jovem gosta mesmo é do melhor amigo de Cirano, Cristiano.

Bonito, atlético e sem nenhuma vocação para a literatura, o garoto acaba pedindo ajuda ao amigo para escrever poesias para a sua adorada. Para não perder a amizade, Cirano o auxilia nos textos e fica até responsável por sussurrar os versos para o amigo nos encontros com Roxane. O plano cai por terra quando a jovem descobre a farsa e fica muito brava com o menino, por achar que ele realmente acreditava que ela não enxergava todas as suas qualidades, mas somente o seu nariz.

Com um desfecho diferente da clássica peça teatral, Walcyr levará seus leitores a refletir sobre a importância da beleza ao ser comparada com os valores morais e intelectuais de uma pessoa. Ademais, ao citar grandes nomes de poetas, sua obra serve de inspiração e instigação para jovens se aventurarem entre a poesia e suas diversas formas de expressão na literatura portuguesa e brasileira.

Preço: R$ 50,00

Sobre o autor

Walcyr Carrasco nasceu em 1951 em Bernardino de Campos, SP. Escritor, cronista, dramaturgo e roteirista, com diversos trabalhos premiados, formou-se na Escola de Comunicação e Artes de São Paulo. Por muitos anos trabalhou como jornalista nos maiores veículos de comunicação de São Paulo, ao mesmo tempo que iniciava sua carreira de escritor na revista Recreio. Deste então, escreveu diversas novelas, peças de teatro e publicou mais de trinta livros infantojuvenis, tendo recebido por suas obras muitos prêmios ao longo da carreira.

Sobre a Moderna

A Moderna na área de Literatura desenvolve projetos para que o aluno-leitor – desde a Educação Infantil até o Ensino Médio – ative sua capacidade de compreender, analisar e refletir sobre os conteúdos estudados. Com obras de ficção, não ficção e arte, o selo disponibiliza recursos para que o professor tenha a sua disposição todas as oportunidades de ensino, tais como: um plano leitor, apresentando os níveis de dificuldade de cada livro; um projeto de leitura, sugerindo atividades criadas por especialistas; e uma assessoria pedagógica específica para a necessidade da escola. Sempre em busca de novos caminhos para a excelência de suas publicações, a Moderna Literatura, numa iniciativa inédita no mercado editorial brasileiro, trouxe, com exclusividade para seu catálogo, todas as obras do renomado autor Pedro Bandeira, criando assim um momento importante para a literatura brasileira infantil e juvenil. O sucesso desta ação foi repetido com a escritora e ilustradora Eva Furnari e com o autor Walcyr Carrasco, cronista, dramaturgo, roteirista, tradutor e adaptador de clássicos da literatura.

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *