É Melhor Ser Alegre Que Ser Triste se apresenta no Teatro J. Safra dias 19, 20 e 21 de agosto

Crédito: João Caldas
Crédito: João Caldas

Show é um tributo a Vinícius de Moraes com as cantoras Célia, Jane Duboc e o ator e cantor Juan Alba dirigidos por Fernando Cardoso

Matéria: Divulgação

Com direção musical de Ogair Júnior, o show traz canções interpretadas por Célia, Jane Duboc e Juan Alba como “Eu sei que vou te amar”, “Bom dia tristeza”, “Chega de Saudade”, “Pra Que Chorar” e poemas interpretados por Juan Alba como “Soneto da Separação”.  As composições e os poemas são acompanhados de fragmentos de histórias das quatro décadas de Vinícius e seus parceiros como Tom Jobim, Baden Powell, Adoniran Barbosa, Carlos Lyra e Toquinho contadas por Juan Alba. O roteiro é assinado por Fernando Cardoso e pela jornalista Ciça Corrêa.

Dos mesmos diretores e produtores de Palavra de Mulher, musical em homenagem aos 70 anos de Chico Buarque, É melhor ser alegre que ser triste continua a pesquisa dos criadores Fernando Cardoso e Roberto Monteiro sobre grandes nomes da MPB. “A espinha dorsal dos dois espetáculos segue a mesma lógica baseada nas composições musicais de grandes poetas brasileiros”, afirma Fernando Cardoso.

“É melhor ser alegre que ser triste… Mas sem um bocado de tristeza não se faz uma obra tão espetacular como a que nos deixou Vinicius de Moraes, o Poetinha. Poetinha, não! Um baita poeta, dono de vários dos mais belos versos da língua portuguesa. E é para homenageá-lo que concebemos este espetáculo. As semanas de mergulho na obra e na vida de Vinicius de Moraes me revelaram um homem fascinante. Uma figura humana que foi ainda maior que sua obra. Um homem que viveu como quis e sorveu a vida até a última gota. Apaixonado pelas mulheres e pelos amigos.” Comenta o diretor.

“É bom saber que a gente não foi esquecido, que o povo continua cantando as nossas coisas, pois no fundo é pra ele que a gente compõe.”

(trecho de carta escrita por Vinicius de Moraes para Tom Jobim)

Ficha técnica:
Idealização: Fernando Cardoso
Roteiro: Ciça Correa e Fernando Cardoso
Elenco: Célia, Jane Duboc e Juan Alba
Direção musical e arranjos: Ogair Jr
Direção geral: Fernando Cardoso
Piano / acordeon: Ogair Junior
Violão e guitarra: Jorge Ervolini
Contrabaixo: Robertinho Carvalho
Bateria: Gilba Favery
Iluminação: Bruno Cerezoli
Cenografia: Fernando Cardoso
Figurino: Robson Faustini
Fotos: João Caldas
Programação visual: Jessica Takahashi
Operador de luz: Jefferson Bessa.
Operador de som: Kiko Carbone
Assistente administrativa: Vânia Guimarães
Direção de produção: Roberto Monteiro.
Realização: Mesa 2 Produções e Governo do Estado de SP

Serviço:
É Melhor Ser Alegre Que Ser Triste
Quando: 
19 (21h30), 20 (21h) e 21/08 (20h)
Local: Teatro J. Safra (Rua Josef Kryss, 318, Barra Funda)
Ingressos: de R$ 20,00 a R$ 80,00
Duração: 85 minutos

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *