Orquestra de um homem só

daniel-figueiredo

Daniel Figueiredo, produtor musical, compôs mais de 300 músicas originais para a novela e longa metragem “Os Dez Mandamentos”

Matéria: Divulgação
Foto: Claudio Damatta

Com uma trilha sonora que emocionou o público, o filme “Os Dez Mandamentos” arrastou multidões para o cinema. Em números, foram 6,7 milhões de espectadores em apenas quatro semanas de exibição – superando, inclusive, o campeão mundial de bilheterias Star Wars: O despertar da força, que demorou 12 semanas para alcançar 6,6 milhões de espectadores. Quem vê o filme e escuta sua trilha sonora não imagina que a grande maioria delas é criada por um homem só: Daniel Figueiredo. Para a novela, ele produziu quase 300 músicas originais, que foram também utilizadas no filme, com algumas novidades.

Daniel é um pesquisador nato de instrumentos, adquirindo conhecimento de centenas deles para gravação das músicas. Autor de mais de 50 temas de aberturas para TV, Daniel se considera, acima de tudo, guitarrista. “Uso até guitarra com distorção nas trilhas épicas de ação da novela, para dar um peso e movimento que nenhum outro instrumento consegue”, diz Daniel, que dedicou muitos anos em pesquisa no instrumento que mais admira. Ele contou com a ajuda do especialista William Bordokan para gravação de instrumentos étnicos, provenientes da cultura do oriente médio.

Com quase 30 anos de profissão, o produtor conta que sempre faz a trilha das novelas já pensando no cinema. Além de “Os Dez Mandamentos”, Daniel também produziu toda a trilha sonora das minisséries “A lei e o Crime”, “A Historia de Ester” e “José do Egito”. Desde 2005 na Rede Record, Daniel foi o único produtor musical de todas as novelas do diretor Alexandre Avancini e já renovou seu contrato com a Record até 2017 produzindo a próxima novela, “A terra prometida”, além da segunda temporada de “Os dez mandamentos”.

Sobre Daniel Figueiredo

Produtor musical e empresário, Daniel Figueiredo já produziu de inúmeros trabalhos com grandes nomes da música. Participou de diversos álbuns indicados ao Grammy Latino, entre eles “Fruto de amor”, da cantora Aline Barros, que foi eleito Melhor Álbum de Música Cristã e “Nosso samba tá na Rua”, de Beth Carvalho, que venceu na categoria Melhor Álbum de Samba/Pagode. Além disso, Daniel também contribuiu com quatro composições e arranjos no disco “Surreal”, de um dos maiores guitarristas russos de todos os tempos, Roman Miroshnichenko, que também concorreu ao Grammy Latino 2013.

Daniel ganhou o prêmio “Profissão entretenimento”, em 2015, na categoria Produtor Musical, além de ser o autor e intérprete dos temas dos vídeos oficiais de apresentação do Brasil e das cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 da FIFA. No teatro, Daniel assinou a trilha do primeira peça de Tiago Santiago, “Apaixonados”. O produtor ganhou o prêmio “Profissão entretenimento”, em 2015, na categoria Produtor Musical. Antes do filme “Os dez Mandamentos”, ele já tinha feito trabalhos para o cinema americano, como “Transmigration” e “The Heartbreaker”.

Autor de dezenas de temas de aberturas nas principais emissoras de TV, Daniel também assina a produção musical de várias novelas e seriados da Rede Record, entre eles “Os Mutantes”, “Vidas Opostas”, “A lei e o Crime”, “José do Egito” e o grande fenômeno “Os Dez Mandamentos”. Seus clientes atuais mais reconhecidos são Beth Carvalho, Paulo Ricardo, Roupa Nova e Dudu Nobre.

O produtor é proprietário de uma empresa pioneira de administração de direitos autorais, a UP-RIGHTS, que tem como clientes artistas como Roupa Nova, Paulo Ricardo, Beth Carvalho, Dudu Nobre, entre muitos outros e representa as marcas: Blueberry (Canadá), CME (China) e Wire Conex (Brasil) e Studio One (EUA).

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *