Premiado texto de Marcelo Rubens Paiva, E aí, Comeu? faz temporada no Teatro Nair Bello

Em cena três homens falam sobre suas mulheres

Matéria: Divulgação

Após temporada de sucesso no Rio de Janeiro e turnê por cidades como Brasília, Belo Horizonte e interior fluminense, o espetáculo E Aí, Comeu?, com os atores João Vitti, Marcelo Pio e Sergio Abreu, reestreia em São Paulo e ocupa o Teatro Nair Bello entre 14 de abril e 4 de junho, para sessões de sexta a domingo. A trama envolve três amigos que se reúnem para falar de suas aventuras e desventuras amorosas, sexuais e eróticas. Atriz convidada, Sabrina Korgut completa o elenco vivendo sete mulheres que transitam pelas vidas de Fernando, Honório e Mattar. Fernando Gomes assina a direção.

E Aí, Comeu? parte da premissa de que toda mulher tem curiosidade de saber o que os homens estão falando quando estão em grupo. A peça pretende satisfazer esta curiosidade feminina e despertar o entendimento do novo papel do homem perante a mulher na sociedade contemporânea. A comédia apresenta os variados tipos de homens e mulheres e o que pensam sobre o sexo oposto.

“O charme da peça é falar de homens, e não sobre cafajestes. São homens apaixonados pelas mulheres, que tentam entendê-las, que as querem. Em momento nenhum eles desconsideram a mulher. Elas são mulheres inteligentes, competentes, respeitadas. Só que quando junta homem, claro que sai baixaria”, conta o autor Marcelo Rubens Paiva, vencedor do Prêmio Shell de Melhor Texto, em 2000, pela comédia. Em 2012, a peça virou filme estrelado por Bruno Mazzeo, Marcos Palmeira, Dira Paes e grande elenco.

Na história, após ser deixado pela mulher, o romântico Fernando fica desolado, e, estimulado pelos amigos de infância, passa a sair com outras para esquecer a ex. Honório e Mattar também têm seus questionamentos. Um é jornalista e machão à moda antiga, casado, que suspeita da traição da mulher. O outro é um escritor que não quer compromisso, se relaciona com prostitutas e mulheres comprometidas. Entre as diferentes mulheres que Sabrina Korgut dá vida, estão uma adolescente e uma prostituta, passando por Fernanda, a ex de Fernando.

O diretor Fernando Gomes acredita na atualidade do texto e garante que, apesar de parecer, a peça não é machista. “É uma ode às mulheres, não uma apologia ao machismo, falamos de amor e enfocamos as relações humanas.”

Para Marcelo Rubens Paiva, “o homem não gosta de ficar sozinho, precisa do lado mais intuitivo, mais delicado que a mulher traz para a vida dele. Imagina o que são três homens morando sozinhos. É um inferno. A mulher dá uma tranquilidade, uma segurança emocional muito grande para o homem. Ainda que socialmente isso não seja ‘propagado’, é isso sim.”

Serviço:
E aí, comeu? (de 14 de abril até 04 junho)

Quando: Sextas e sábados (21h) e domingo (18h)
Local: Teatro Nair Bello (Rua Frei Caneca, 569, Consolação)
Ingressos: R$ 60,00
Classificação: 16 anos

Ficha técnica:
Texto:
Marcelo Rubens Paiva
Direção: Fernando Gomes
Elenco: Sabrina Korgut, João Vitti, Marcelo Pio e Sergio Abreu
Produção e administração: Edésio Mota
Produção executiva: Gerardo Franco
Produção feral: Juliana Reder e Frederico Reder
Realização: Reder Entretenimento e Carolina Loback Produções

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *