Rodrigo Rodrigues estreia programa na TV Gazeta, em janeiro

rodrigo-rodrigues-tv-gazeta

Jornalista apresenta “Almanaque das Trilhas Sonoras”, todas as sextas-feiras, até fevereiro

Matéria e foto: Divulgação

A história do cinema e suas preciosas trilhas sonoras poderão ser conferidas a partir da primeira sexta-feira de janeiro, no novo programa de Rodrigo Rodrigues, na TV Gazeta. O “Almanaque das Trilhas Sonoras”, como será chamado, estreia dia 9, e terá oito episódios para contar as histórias dos grandes sucessos da sétima arte, e as músicas que os acompanham, de 1927, até os dias atuais.

O programa contará com convidados muito especiais, como Nelson Motta, Ronnie Von, Kid Vinil, Thunderbird e Edgard Piccoli, além de muitos outros que compartilham suas experiências e preferências com o apresentador.

Rodrigo, que fechou contrato com a emissora em setembro, após encerrar com a ESPN, também tem previsão para estrear um novo programa em março, que tem como tema a música. Os projetos têm o perfil do jornalista, que é músico e idealizador do grupo The Soundtrackers – Os Tocadores de Trilhas, conhecido por interpretar diversos sucessos de Hollywood, e grande fã de cinema, paixão que o levou a escrever o livro “Almanaque da Música Pop no Cinema”, além de ser dono de um restaurante, em Pinheiros, que leva a mesma temática e nome da banda.

Sobre Rodrigo Rodrigues:

Nos tempos de UTV, Canal Universitário do Rio de Janeiro, já era assim. E acontece até hoje: quando a luz vermelha da câmera começa a piscar, o comunicador praticamente sai de cena e o entrevistado aceita imediatamente o clima descontraído e as perguntas diretas, pertinentes e divertidas de Rodrigo Rodrigues.

E foi por causa dessa intimidade natural com as lentes que o publicitário e empresário Roberto Medina levou o então estudante de jornalismo para tocar a TV Mundo Melhor, a televisão oficial do Rock in Rio 3. Foi também pelo mesmo motivo que esse tijucano veio parar em São Paulo, em 2001, a convite do jornalista e crítico de TV Gabriel Priolli. Missão: reforçar o time do antigo Vitrine, ao lado de Marcelo Tas e Fernanda Danelon.

Em pouco tempo de casa suas reportagens chamaram a atenção da própria TV Cultura, que começou a escalar RR para apresentar programas especiais e transmissões ao vivo da emissora. Já Em 2003, um projeto descolado saiu do papel: o Blog’n Roll. Pensado para o rádio, foi parar na allTV. O programa, que falava de internet e cultura pop, levou gente muito bacana à primeira web TV do Brasil: Nando Reis, Sergio Dias, Nasi, Soninha, Ritchie, Edgard Piccoli e por aí vai.

No ano seguinte, um novo desafio na telinha: reportar para o programa Cor de Rosa, no SBT. Uma mistura de “Vídeo-Show do Baú” com TV Fama. A aventura no complexo da Anhanguera não durou muito tempo, quase um ano, mas foi o suficiente pra que surgisse um convite da BAND no início de 2005: a emissora do Morumbi procurava um novo repórter que cobrisse a vida das celebridades de um jeito, digamos, honesto e elegante. E lá foi Rodrigo de mala, cuia e microfone para o De Olho nas Estrelas, apresentado pelo fofoqueiro do bem Leão Lobo.

Depois de poucos meses – e muitas reportagens – de Bandeirantes, surge um outro convite: voltar ao Vitrine, dessa vez como apresentador, ao lado da ex-VJ Sabrina Parlatore. A dupla comandou a atração por seis temporadas. Nessa nova passagem pelo canal público, Rodrigo também apresentou o Festival Cultura e, em 2006, ancorou o Cultura Meio-Dia, telejornal da hora do almoço, ao lado de Maria Júlia Coutinho.

Em 2008 o apresentador finalmente tirou dois projetos da gaveta: a banda de trilhas sonoras de cinema, The Soundtrackers, idéia guardada desde os tempos de colégio; e As Aventuras da Blitz, biografia da banda carioca liderada por Evandro Mesquita que inaugurou o chamado Rock Brasil nos anos 80. O livro foi publicado pela Ediouro em 2009, a banda lançou seu primeiro CD/DVD ao vivo em 2010 e, em janeiro de 2011, veio a oportunidade de realizar um sonho de infância: encarar um programa diário e ao vivo sobre futebol.

Foram ao todo quatro temporadas na ESPN comandando o Bate-Bola, um dos clássicos do canal de esportes. Rodrigo participou das coberturas das Olimpíadas de 2012 em Londres e da Copa do Mundo no Brasil. Nesse meio tempo lançou o segundo livro: Almanaque da Música Pop no Cinema, pela editora Leya. E de um período de férias na terra da Rainha nasceu o terceiro: London London, o único guia para conhecer Londres utilizando o metrô, com a chancela da Faro Editorial.

Durante a estadia em Londres para a produção do livro, veio a ideia de uma hamburgueria temática: poucos meses depois era inaugurado, ali na praça Benedito Calixto, o Soundtrackers Cafe. E que venham as próximas aventuras. Enquanto tiver bambu, tem flecha.

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *