SESC Pompéia traz grupos de choro para homenagear gênero tradicionalmente popular e instrumental brasileiro

Clube do Choro – Dani e Sheila. Crédito: Thiago Chediak

Apresentações gratuitas acontecem todas as terças-feiras no mês de julho

Matéria: Divulgação

O choro, popularmente chamado de chorinho, é um gênero musical que surgiu no  Rio de Janeiro em meados do século XIX, por meio de versões ‘abrasileiradas’ de ritmos africanos, como lundu e batuque, e de danças de salão europeias, como a valsa e polca. Para celebrar o som tipicamente urbano brasileiro, o Sesc Pompeia traz o baiano Messias Britto, o carioca Antônio Rocha e músicos que compõem o Clube do Choro de São Paulo, em duas rodas composta por integrantes diferentes para cada dia. As apresentações são gratuitas e acontecem todas as terças-feiras no mês de julho.

Como ocorre em diversos gêneros musicais, não se sabe ao certo a origem do nome ‘choro’, cuja composição instrumental base era formada pela trinca flauta, violão e cavaquinho, e mais tarde foram incorporados os instrumentos bandolim, clarinete e saxofone. Cabe aos chorões, músicos que executam o som, trazerem em suas essências o espírito criador, ousado e repleto de improvisações.

Conhecido como pai do choro, Pixiguinha é a figura mais representativa do ritmo e sua data de nascimento, 23 de abril, foi consagrada como o Dia Nacional do Choro.

Sobre os participantes:

Messias Britto – Lançamento do álbum Baianato

Messias Britto

Músico autodidata, Messias Britto é natural de Euclides da Cunha, no sertão baiano. Aos 14 anos formou com amigos o primeiro grupo de choro local, Os Chorões do Cumbe. Aos 19, se mudou para Salvador e passou a integrar o Clube do Choro da Bahia e o Grupo Mandaia. Contemplado por dois anos consecutivos na categoria “Melhor Intérprete Instrumental”, no Festival de Música da Rádio Educadora da Bahia (2012 e 2013), lançou, em 2014, o primeiro álbum, Baianato. Quase totalmente autoral, o novo trabalho conta com participação de Armandinho Macêdo e Yamandu Costa.

Messias Britto (cavaquinho) conduz a roda de choro acompanhado por Wesley Vasconcelos (violão 7 cordas), Rafael Toledo (pandeiro) e Makiko Yoneda (piano).

Comedoria
*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados: 150. O ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa às 20h30.
Não recomendado para menores de 18.
Grátis | Retirada de ingressos com 1h de antecedência na bilheteria
04/07. Terça, às 21h

Clube do Choro de São Paulo

Clube do Choro – Toninho Carrasqueira. Crédito: Gal Oppido

O Clube do Choro de São Paulo ressurgiu em agosto de 2015 a partir da união de mais de 300 músicos atuantes dentro do cenário musical. No palco do Clube já estiveram alguns dos maiores nomes do gênero, como Hamilton de Holanda, Déo Rian e Regional Imperial, Izaías e seus Chorões, Grupo Ordinarius, Proveta e Alessandro Penezzi, Nicolas Krassik e Mestrinho, André Mehmari, Thiago Espírito Santo, Luizinho 7 cordas, Rogério Caetano, Grupo Panorama do Choro e muitos outros.

No Sesc Pompeia, nos dias 11 e 25 de julho, o Clube do Choro prepara duas rodas, compostas por integrantes diferentes em cada data, com convidados especiais de São Paulo e do Rio de Janeiro, para encantar o público com repertório que traz os clássicos de compositores tradicionais como Jacob do Bandolim, Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Zequinha de Abreu, Chiquinha Gonzaga, Anacleto de Medeiros, entre outros.

No dia 11 de julho, a roda de choro é composta por: Edmilson Capelupi (violão 7 cordas), Paulo Ramos (violão), Leo Thomsen (cavaquinho), Lucas (pandeiro), Nicolo de Caro (percussão), John Harbone (trombone) e Maik Oliveira (bandolim), além dos convidados Sheila Zagury (piano), Daniela Spielmann (sax) e Toninho Carrasqueira (flauta).

Já no dia 25 quem comanda a roda são os chorões: Lula Gama (violão de 7), Felipe Soares (acordeon), Ailton Reiner (bandolim), Ivan Pereira (pandeiro), Luis Lobo (percussão), Bira Nascimento (gaita), Alexandre Moura (violão), Daniel Taurizano (cavaquinho), Carla Pronsato (piano) e o convidado carioca Dirceu Leite (flauta, sax e clarinete).

Comedoria
*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados: 150. O ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa às 20h30.
Não recomendado para menores de 18.
Grátis | Retirada de ingressos com 1h de antecedência na bilheteria
11/07. Terça, às 21h
25/07. Terça, às 21h

Antônio Rocha – Lançamento do álbum Flauta Brasileira

Antônio Rocha

O disco é uma homenagem a Altamiro Carrilho. No show, Antônio Rocha (flautas) é acompanhado por seus parceiros do regional Época de Ouro: Toni 7 cordas (violão), Jorge Filho (cavaquinho), Celsinho Silva (pandeiro).

Natural de Valença (RJ), Antônio nasceu em 1981, em uma família de músicos, estudou flauta com José Carlos Teixeira, Raquel Magalhães, Marcelo Bonfim e Altamiro Carrilho, de quem recebeu grande apoio sendo reconhecido pelo mesmo como seu sucessor.

Com o conjunto Época de Ouro fez turnês nacionais e internacionais. Já integrou as orquestras “Rancho Carnavalesco Flor do Sereno”, “Orquestra Pixinguinha na Pauta” e “Orquestra Violinos Mágicos de Murillo Loures”.

Gravou com grandes nomes da Música Brasileira como: Deo Rian, Mauricio Carrilho, Altamiro Carrilho, Luciana Rabello, Cristóvão Bastos, Jorginho do Pandeiro, Regional Imperial, Regional Carioca, entre outros.

Comedoria
*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados: 150. O ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa às 20h30.
Não recomendado para menores de 18.
Grátis | Retirada de ingressos com 1h de antecedência na bilheteria
18/07. Terça, às 21h

Serviço:
Festival de Choro
Julho de 2017, terças-feiras, às 21h
04/07 | Messias Britto – Lançamento do álbum Baianato
11/07 | Clube do Choro de São Paulo com: Edmilson Capelupi (violão 7 cordas), Paulo Ramos (violão), Leo Thomsen (cavaquinho), Lucas (pandeiro), Nicolo de Caro (percussão), John Harbone (trombone) e Maik Oliveira (bandolim), além dos convidados Sheila Zagury (piano), Daniela Spielmann (sax) e Toninho Carrasqueira (flauta)
18/07 | Antônio Rocha – Lançamento do álbum Flauta Brasileira
25/07 | Clube do Choro de São Paulo com: Lula Gama (violão de 7), Felipe Soares (acordeon), Ailton Reiner (bandolim), Ivan Pereira (pandeiro), Luis Lobo (percussão), Bira Nascimento (gaita), Alexandre Moura (violão), Daniel Taurizano (cavaquinho), Carla Pronsato (piano) e o convidado carioca Dirceu Leite (flauta, sax e clarinete)

Comedoria
*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados: 150. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa às 20h30.

Ingressos: Grátis | Retirada de ingressos com 1h de antecedência na bilheteria
Classificação: Não recomendado para menores de 18 anos.

Local: Sesc Pompéia (Rua Clélia, 93, Pompéia)

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *