Teatro Folha realiza a 28ª Edição do Festival de Férias

Programação infantil reúne espetáculos de teatro e música para todas as faixas etárias

Matéria: Divulgação

O próximo Festival de Férias do Teatro Folha acontecerá de 06 de janeiro a 02 de fevereiro de 2018, com apresentações de espetáculos diferentes todos os dias da semana. O Festival de Férias, que é muito aguardado pelo público, traz como novidade nessa 28ª edição, a inclusão de dois shows de música, além das peças para crianças de idades variadas e uma montagem especialmente direcionada ao público jovem.

A programação inclui os shows “Barbatuquices”, do grupo Barbatuques, com apresentações aos sábados e domingos de janeiro; e “Cante com o Peixonauta”, em que as crianças são convidadas a cantar e dançar com Peixonauta, Marina e Zico, personagens conhecidos da série televisiva.

Além da qualidade dos espetáculos, o Teatro Folha também se preocupa com a diversidade de estética das montagens e adequação das peças para diferentes faixas etárias. A partir destes critérios, foram incluídas na programação as peças “Familya Monstro”, com direção de Pamela Duncan; “O Casamento da Dona Baratinha”, da Monthefor Produções; “Os Mequetrefe”, espetáculo circense do grupo Parlapatões; “Rabisco – Um Cachorro Perfeito”, da Cia. Maracujá Laboratório de Artes; e “Piratas do Caramba”, da Trupe Banana’s.

Para o público juvenil, o Festival de Férias apresenta “A Mala de Hana”, adaptação do livro de Karen Levine e direção de Marcelo Klabin. A peça foi apresentada na edição de julho de 2017, e devido ao sucesso retorna à programação na nova edição do Festival.

O Festival de Férias do Teatro Folha incluirá uma Sessão Azul adaptada para crianças com autismo e outros distúrbios sensoriais.  A Cia. Maracujá Laboratório de Artes apresentará no dia 02 de fevereiro, às 14h, a peça “Rabisco – Um Cachorro Perfeito” na sessão que tem como objetivo promover a inclusão social e auxiliar no trabalho terapêutico. Nessa sessão as luzes de serviço do teatro serão mantidas acesas e o volume do som será mais baixo.

Confira a programação completa:

Segundas-feiras às 16h

Familya Monstro

Crédito: Jefferson Pancieri

Perdida na floresta, no meio de uma noite chuvosa, uma menina procura abrigo no castelo da adorável e medrosa família de monstros. Entre apagões e relâmpagos, o pai Frank, o tio Monster, o ajudante Igor e a maestrina Frau Frida tomam um grande susto quando a menina entra e, depois, com a chegada de um ladrão, que muda a rotina do castelo. Com figurinos coloridos, trilha sonora original e referência ao teatro de clowns, a peça encanta com clima de suspense e diversão.

Ficha técnica:
Direção geral e dramaturgia: Pamela Duncan
Assessoria de dramaturgia: Rogério Favoretto
Elenco: Maurycio Madruga, Rod Jubelini, Luiz Fernando Albertoni, Dulcineia Dibo, Gizelle Faria e Ricardo Aires
Sonoplastia/trilha sonora: Aline Meyer
Cenário e figurino: Pamela Duncan
Confecção de cenário: Giuliano Scanduzzi, Juvenal Irene
Adereços: Ivaldo de Mello
Design de luz: Juarez Adriano
Iluminação: Bruno Caselli
Coreografia: Luciana Mayumi
Músicas originais: Claudio Goldman
Preparação vocal: Pedro Guida
Técnico de sonoplastia: Pedro Guida
Assessoria de maquiagem: Fernando Araújo
Fotografia: Jefferson Pancieri
Design gráfico programas: Aida Cassiano
Vídeo: Fabiano Moreira, Dino Menezes
Captação: Elyse Abraão (Unideias)
Assistente de direção: Luiz Fernando Albertoni
Produção: A Peste, Cia Urbana de Teatro

Duração: 50 minutos
Classificação indicativa: a partir de 4 anos


Terças-feiras às 16h

O Casamento da Dona Baratinha

Crédito: Diego Rodrigues

A charmosa, trabalhadora e organizada Baratinha encontra uma moeda de ouro em seu quintal e fica sem saber o que fazer com tanto dinheiro.  Estimulada por sua amiga Patati, a pata, a comprar um vestido de noiva e partir em busca de um companheiro, Baratinha atrai três pretendentes: O Cão Mestre Bull, O Gato Dr. Mialdo, e o Ratinho Ratolfo. Em meio a muitas confusões, escolhe um deles para se casar.

Ficha técnica:
Texto: Aziz Bajur
Direção: Kaká Mureno
Elenco: Evandro Ferrarezzo, Betânia Betcher, Sidney Monthefor, Arthur Braga e Thaís Marquês
Realização: Monthefor Produções

Duração: 50 minutos
Classificação indicativa: a partir de 2 anos


Terças-feiras às 18h

A Mala de Hana

Crédito: Filipe Rodrigues

Baseado no livro infanto-juvenil homônimo de Karen Levine, a peça é o retrato da vida das crianças que viveram no período do Holocausto, em paralelo com a visão das crianças do século XXI. A emocionante montagem é baseada na história real da diretora escolar Fumiko Ishioka, que forma um grupo de estudos sobre o holocausto e recebe uma mala para incluir numa exposição. É a mala de Hana Brady, menina vítima nos campos de concentração nazista. Fumiko começa uma busca incessante por mais informações sobre Hana.

Ficha técnica:
Autoria: Karen Levine
Adaptação: Erez Milgrom
Direção: Marcelo Klabin
Elenco: Luana Paroni e Fernando Chapaval
Produção: Marili Gonzaga
Assistente de produção: Bruna de Oliveira
Cenário: César Bento
Figurinos: Guilherme Iervolino
Trilha sonora: Daniel Tauszig
Fotos: Fernando Ducatti
Vídeos: Paulo Lima
Técnico de som: Gilson Moura

Duração: 55 minutos
Classificação indicativa: a partir de 8 anos


Quartas-feiras às 16h

Os Mequetrefe

Crédito: Luiz Doroneto

Nessa peça do grupo Parlapatões, quatro palhaços que, não por acaso, se chamam Dias, vivem a jornada de um longo e divertido dia. Do despertar à hora de ir dormir, revelam como a desconstrução da lógica cotidiana pode abrir espaço para outras maneiras de encarar a vida. Vivendo situações comuns, esses cidadãos nada comuns provocam uma série de confusões hilárias e poéticas.

Ficha técnica:
Roteiro: Hugo Possolo
Direção: Alvaro Assad
Elenco: Raul Barretto, Hugo Possolo, Fabek Capreri e Alexandre Bamba (ator substituto: Tadeu Pinheiro)
Assistente de direção: Joana Penido Magalhães
Cenografia e figurinos: Hugo Possolo
Trilha sonora: Raul Teixeira
Iluminação: Reynaldo Thomaz e Alvaro Assad
Adereços: Ateliê Palhassada e Agentemesmo Queimando o dedo na Cola Quente
Costureiras de figurinos: Alice Correa e Cleide Niwa
Programação visual: Karolyna Motarroios
Desenhos: Hugo Possolo
Fotos: Luiz Doroneto
Assessoria de imprensa: Flávia Fusco Comunicação
Produção executiva: Janayna Oliveira
Assistência de produção: Anne Ramos e Nanda Cipola
Planejamento da produção: Erika Horn
Coordenação de produção: Raul Barretto e Hugo Possolo
Realização: Parlapatões

Duração: 60 minutos
Classificação indicativa: a partir de 3 anos


Quintas-feiras às 16h

Cante com o Peixonauta

Crédito: Bruno Marques

“Peixonauta”, série infantil brasileira de grande sucesso na TV inspira o show “Cante com Peixonauta”. Os personagens Peixonauta, Marina e Zico cantam e dançam as músicas tema da série de TV e do DVD homônimo, com repertório da Palavra Cantada, lançado pela Sony Music. O show é um grande clipe musical ao vivo, em que as crianças são convidadas a participar e se divertir com os bonecos manipulados por atores, em meio a incríveis imagens animadas do desenho.

Ficha técnica:
Autores: Celia Catunda e Kiko Mistrorigo
Direção cênica e coreografia: Wanderley Piras e Sandro Gattone
Composição musical: Paulo Tatit
Concepção de iluminação: Wagner Freire
Elenco: Geovana Oliveira, Leandro Alves, Leandro Lise, Nilton Marques, Roberta Belony, Ronald Liano
Técnicos de som e luz: João Edson, Henrique Ramos e Rodrigo Papa
Confecção de bonecos e cenário: Miragem Efeitos e Viralarte
Produtora executiva: Arteira Produções Culturais
Produção e realização: TV Pinguim

Duração: 50 minutos
Classificação indicativa: a partir de 2 anos


Sextas-feiras às 16h

Rabisco – Um Cachorro Perfeito

Crédito: Gil Grossi

A peça conta a história de Rabisco, um cãozinho desenhado por um menino que, após ganhar vida e sair do papel, não é aceito por seu criador por não ser tão bonito quanto ele gostaria. Abandonado, Rabisco foge e passa por inúmeras aventuras em um grande centro urbano, em busca de um desenhista que dê ao garoto o desenho de um belo cachorro. A história trata poeticamente a questão da autoaceitação, fazendo as crianças refletirem que nem sempre o que você é ou faz, corresponde aos ideais pregados pelos outros e também por si mesmo, e o quão importantes são nossas diferenças, que compõem a individualidade e importância de cada um. Rabisco não é aceito por ser diferente dos padrões, mas ele não desiste e com persistência supera essas diferenças e conquista o afeto do dono. Para contar essa história, a Cia. Maracujá Laboratório de Artes utiliza técnicas de teatro de animação como live animation (uma cinema feito ao vivo), teatro de sombras e teatro físico em uma mistura de linguagens incomuns. A montagem recebeu quatro indicações ao Prêmio FEMSA e ganhou o prêmio de melhor adaptação.

Ficha técnica:
Autor: Michele Iacocca
Concepção e direção: Sidnei Caria
Assistência de direção: Camila Ivo e Lucas Luciano
Elenco: Sidnei Caria, Lucas Luciano, Ana Paula Perche e Eder dos Anjos
Direção de arte e figurinos: Sidnei Caria
Criação de cenografia e bonecos: Sidnei Caria, Silas Caria e Lucas Luciano
Música original e trilha sonora: Dr Morris e Daniel Maia
Iluminação: Camila Ivo, Lucas Luciano e Sidnei Caria
Operação de som/luz: Renan Vinicius
Confecção de cenografia, bonecos e adereços: Maracujá Laboratório de Artes (Sidnei Caria, Silas Caria, Lucas Luciano e Tetê Ribeiro)
Soluções técnicas audiovisuais: Sidnei Caria, Lucas Luciano, Silas Caria e Camila Ivo.
Confecção de lanternas (teatro de sombras): Randolfo Neto
Produção executiva: Vivian Oliveira
Elaboração de projetos e coordenação de produção: Camila Ivo
Produção: Maracujá Laboratório de Artes

Duração: 50 minutos
Classificação indicativa: a partir de 2 anos


Sábados e domingos às 16h

Barbatuquices

Crédito: Silvio Lazerum

“Barbatuquices” é uma “aula-show” em que o público interage e aprende com os integrantes do grupo Barbatuques, vivenciando brincadeiras musicais e descobrindo seu corpo sonoro, através de uma deliciosa imersão no nosso rico repertório popular, além das músicas do próprio grupo. O espetáculo é uma experiência musical abrangente e interativa em que pais, filhos, educadores e qualquer participante de todas as faixas etárias são convidados e desafiados a explorar a diversidade de timbres do corpo com palmas, estalos, sons produzidos pela boca e pés e assobios. O público faz música e toca com o Barbatuques.

Ficha técnica:
Músicos: André Hosoi, André Venegas, Charles Raszl, Giba Alves, Helô Ribeiro, João Simão, Luciana Cestari, Lu Horta, Mairah Rocha, Marcelo Pretto, Maurício Maas, Renato Epstein, Taís Balieiro (*seis integrantes apresentam-se em cada sessão num rodízio)
Direção musical do núcleo: Fernando Barba
Direção artística e concepção: Núcleo Barbatuques

Duração: 55 minutos
Classificação indicativa: a partir de 2 anos


Sábados e domingos às 17h40

Piratas do Caramba

Crédito: Rodrigo Minassian

Os piratas Capitão Pantufa, Espadinha e Barnabé passam os dias recolhendo o lixo que encontram pelos oceanos e recordando das antigas batalhas. Numa manhã encontram uma misteriosa garrafa que poderá transformar suas vidas. Surge um dilema: continuar suas vidas pacatas ou se arriscar no mar em busca do tesouro? A peça promete muitas aventuras e diversão.

Ficha técnica:
Elenco: Rafael Pequeno, Vanessa Bonandi e Renato Pitanga
Texto e direção: Rafael Pequeno
Contrarregra: João Paulo
Operador de som: João C. Figueiredo
Trilha sonora original: Marcelo Souza e Danilo Adriano

Duração: 60 minutos
Classificação indicativa: 3 anos


Serviço:
Festival de Férias (06 de janeiro de 2018 até 02 de fevereiro de 2018)
Quando: segunda-feira, (16h), terça-feira (16h e às 18h), de quarta a sexta-feira (16h), sábado e domingo (16h e 17h40)
Local: Teatro Folha (Avenida Higienópolis, 618, Higienópolis – Shopping Pátio Higienópolis)
Ingressos: R$ 40,00
Capacidade:
305 lugares
Estacionamento do shopping: R$ 14,00 (primeiras duas horas)

Sobre A Conteúdo Teatral

O grupo empresarial paulista Conteúdo Teatral atua há mais de quinze anos em duas vertentes: gestão de salas de espaços e produção de espetáculos. Como gestora é responsável pela operação do Teatro Folha, no Shopping Pátio Higienópolis, com direção artística de Isser Korik e direção comercial de Léo Steinbruch, programando espetáculos para temporada em regime de coprodução. No período de atuação a empresa soma mais de 2 milhões de espectadores.

Como produtora de espetáculos, viabilizou dezenas de peças, como “Gata Borralheira”, “O Grande Inimigo”, “Os Saltimbancos”, “A Pequena Sereia”, “Grandes Pequeninos”,  “Branca de Neve e os Sete Anões”, “A Cigarra e a Formiga”, “Cinderela” e “Chapeuzinho Vermelho” para as crianças. Para os adultos foram realizadas, entre outras montagens, “A Minha Primeira Vez”, “Os Sete Gatinhos”, “O Estrangeiro”, “Senhoras e Senhores”, “O Dia que Raptaram o Papa”, “E o Vento Não Levou”, “Equus” a trilogia “Enquanto Isso…”, além de projetos de humor – como “Nunca Se Sábado…” e “IMPROVISORAMA” – Festival Nacional de Improvisação Teatral. Em parceria com Moeller e Botelho produziu os Musicais “Um Violinista no Telhado”, “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos”, “Nine – Um Musical Felliniano” e “Beatles num Céu de Diamantes”.

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *