segunda-feira, 20 maio, 2024
Teatro

Últimas apresentações do espetáculo Veraneio, no Teatro Bravos

Crédito: Nadja Kouchi

Montagem escancara desconforto em famílias no pós-pandemia com humor afiado

Matéria: Divulgação
Fotos:
Nadja Kouchi

Espetáculo Veraneio faz últimas apresentações no Teatro Bravos, em Pinheiros,  até 27 de agosto, com sessões aos sábados às 21h e domingos às 19h. A montagem estreou em janeiro de 2023 no SESC IPIRANGA, e em menos de seis meses já realizou duas temporadas na capital paulista, circulação pelos Sescs Sorocaba e Santos, e apresentação na Virada Cultural, tendo grande repercussão de público e imprensa.

A montagem consolida a parceria entre Leonardo Cortez e Pedro Granato, que começou em 2018 com o premiado Pousada Refúgio. O elenco traz como novidade Clarisse Abujamra que se une ao time de Pousada Refúgio formado por Glaucia Libertini, Maurício de Barros, Sílvio Restiffe, Tatiana Thomé e Leonardo Cortez.

A trama, que revela os desdobramentos tragicômicos de um encontro familiar em uma casa de praia, arrebatou público e crítica quando estreou no Sesc Ipiranga em janeiro de 2023, com ingressos esgotados. O público acompanha o reencontro de Dona Laura e seus três filhos amargurados para celebrarem o aniversário da matriarca, interpretada por Clarisse Abujamra.

O cenário é a uma casa à beira-mar recém-comprada por uma das filhas, Hercília, decadente apresentadora de televisão e incomodada com a presença da mãe no seu refúgio. Ela e os irmãos, Silvio e Mario Sérgio, estão ansiosos para conhecer o novo e misterioso namorado de Dona Laura, um animado professor de ginástica. A expectativa por esse encontro e as novidades que ele traz afetam a relação familiar.

Veraneio é um aprofundamento da pesquisa iniciada para Pousada Refúgio, primeiro encontro da dupla Granato e Cortez, que estreou em 2018 e abordava o desmoronamento dos sonhos e da hipocrisia de dois casais de classe média. A obra foi sucesso de público e crítica e ganhou temporadas em vários teatros de São Paulo também no ano seguinte. A peça foi indicada a importantes prêmios para Leonardo Cortez como Shell, APCA e Aplauso Brasil e, entre as distinções de destaque, está a de melhor ator para Maurício de Barros no Prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). A história de sucesso das peças não se encerra no teatro: elas já estão sendo adaptadas para o cinema, em parceria com a produtora argentina PBA Cinema, responsável pela produção do filme “Medianeras”.

Assim como a antecessora, Veraneio trabalha um texto contemporâneo para refletir não só sobre os efeitos do isolamento e do afastamento das famílias, mas também do novo desafio que se coloca quando essas pessoas se reencontram com bagagens cheias de traumas, perdas, frustrações e angústias.

O texto coloca o espectador e a sociedade no espelho, pois sua construção e suas referências estão muito ligadas às angústias vividas pelos brasileiros nos últimos anos, atravessando não só uma crise sanitária, mas turbulências políticas e econômicas. Apesar da carga dramática e emocional que essa discussão pode despertar, a peça também quer provocar pelo humor.

Tudo é retratado por meio de diálogos ágeis e afiados, que marcam o estilo do dramaturgo, com a sensação de desestabilização das personagens. Inclusive a escolha do título da peça está ligada a essa intenção provocadora, esclarece Cortez, autor reconhecido no teatro por sua sensibilidade para tratar cotidianos e incômodos brasileiros. Além da vasta carreira na dramaturgia, ele fez sua estreia no cinema com o filme Down Quixote no Festival do Rio este ano.

Sinopse

O aniversário da mãe é o mote para o reencontro familiar com três filhos amargurados. Todos estão ansiosos por conhecer o novo namorado que a mãe conheceu na praia durante a pandemia. Os dilemas e agonias do mundo pós pandêmico se misturam com a descoberta do amor na melhor idade.

Ficha técnica:
Idealização:
Leonardo Cortez e Pedro Granato
Texto: Leonardo Cortez
Direção: Pedro Granato
Elenco: Clarisse Abujamra, Glaucia Libertini, Leonardo Cortez, Maurício de Barros, Sílvio Restiffe e Tatiana Thomé
Cenário e adereços: Diego Dac
Iluminação: Beto de Faria
Figurino: Anne Cerutti
Cenotécnico: Roberto Tomasim
Costureira: Binidita Apelina
Assistente de direção: Jade Mascarenhas
Assistente de figurino: Luiza Spolti
Assistente de costura: Lis Regina
Produção executiva: Carolina Henriques
Direção de palco: Diego Dac
Técnicos de palco: Victor Moretti e Roberto Tomasim
Técnico de luz: Ariel Rodrigues e Beto de Faria
Técnica de som: Julia Terron
Assessoria de imprensa: Adriana Balsanelli
Video e edição de conteúdo: Carolina Romano
Fotos de cena: Nadja Kouchi
Fotos material gráfico: Roberto Brilhante
Design gráfico: Lucas Sancho
Direção de produção: Jessica Rodrigues
Realização: Jessica Rodrigues e Pequeno Ato

Serviço:
Espetáculo Veraneio (de 05 a 27 de agosto – exceto dia 13 de agosto)
Quando: Sábados (21h) e domingos (19h)
Local: Teatro Bravos (Rua Coropé, 88, Pinheiros, São Paulo/SP)
Ingressos: R$ 80,00 e R$ 40,00
Duração:
110 minutos
Classificação: 14 anos
Capacidade: 611 lugares
Acessibilidade

Leave a Response