terça-feira, 16 abril, 2024
Teatro

Peça infantojuvenil Pindorama Modernista une folclore brasileiro ao universo de Mário de Andrade 

Crédito:

Matéria: Divulgação
Foto: Joao Caldas Fº

Baseado no texto original de Leonardo Cássio e direção de Débora Dubois, espetáculo estreia no dia 11 de março no Teatro Eva Herz e ainda tem apresentações no município de Sumaré (SP), em abril

Um encontro entre personagens do folclore brasileiro, Macunaíma e o universo de Mário de Andrade é o que propõe o espetáculo infantojuvenil Pindorama Modernista, com texto de Leonardo Cássio e direção de Débora Dubois. A peça estreia no dia 11 de março no Teatro Eva Herz, onde segue em cartaz até 2 de abril.

Depois disso, o trabalho segue para uma temporada de circulação pelo município de Sumaré (SP), entre os dias 10 e 19 de abril, com apresentações gratuitas em instituições de apoio a crianças em situação de vulnerabilidade.

Em um processo colaborativo entre autor, elenco e direção, o espetáculo ainda tem músicas e direção musical de Gustavo Kurlat e André Bedurê. O elenco conta com a participação de Érika Altimeyer, Flávia Strongolli, Luiz Vizotto, Márcia de Oliveira e Rosana Serra.

Na trama, Curupira, Caipora e Saci-Pererê estão desanimados por não conseguirem forças para lutar contra o desmatamento e a poluição do meio ambiente. Quando Saci menciona que está lendo “Macunaíma”, o personagem indígena de Mário de Andrade aparece ali diante do grupo com uma ideia um tanto ousada: viajar no tempo para pedir ajuda para seu criador.

A ideia do espetáculo é aproximar a criançada dessas duas referências formadoras da cultura brasileira, o folclore e o modernismo, além de conscientizar os pequenos sobre a importância de preservarmos a natureza.

O espetáculo conta com patrocínio de Femsa Coca-Cola e Fortlev e realização da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Sinopse

Curupira, Caipora e Saci-Pererê estão perdendo as esperanças em conseguir frear o desmatamento e a poluição do meio ambiente. Saci-Pererê menciona que está lendo a obra “Macunaíma”. É quando Macunaíma, essa figura icônica, se personifica e aparece para os três tendo uma ideia ousada: viajar no tempo e pedir ajuda a ninguém menos do que Mário de Andrade. Será que a arte pode ajudar a salvar o meio ambiente?

Ficha técnica:
Baseado no texto original de: Leonardo Cássio
Direção geral: Débora Dubois
Elenco: Érika Altimeyer, Flávia Strongolli, Lui Vizotto, Márcia de Oliveira, Rosana Serra
Músicas e direção musical: Gustavo Kurlat e André Bedurê
Iluminação: Débora Dubois
Cenografia e figurinos: Márcio Vinicius
Camareira ensaios: Alaíde Alves
Fotografia: João Caldas Fº
Assessoria de imprensa: Pombo Correio
Produção executiva: Fabrício Síndice e Vanessa Campanari
Produtores associados: Edinho Rodrigues, Leonardo Cássio, Thais Polimeni
Realização: Brancalyone Produções Artísticas, Carbono 60

Serviço:
Pindorama Modernista (de 11/03 a 02/04)
Quando: aos sábados e domingos (15h)
Local: Teatro Eva Herz (Avenida Paulista, 2.073, Cerqueira César, São Paulo/SP, Livraria Cultura do Conjunto Nacional)
Ingressos: Gratuitos. Bilheteria aberta somente nos dias de espetáculo, duas horas antes da atração.
Classificação: A partir de 06 anos
Duração: 45 minutos
Capacidade: 168 lugares
Acessibilidade: sala acessível para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida.
Entre dias 10 e 19 de abril de 2023 o espetáculo fará circulação pela cidade de Sumaré (SP) para apresentações gratuitas em instituições de apoio à criança em situação de vulnerabilidade.

Leave a Response