terça-feira, 20 fevereiro, 2024
Turismo

Guia Montevidéu: dicas imperdíveis para turistas

Foto: Envato Elements

Curitiba lançou recentemente voo direto até a capital uruguaia e é uma nova opção para viajantes em busca de um destino turístico recheado de atrações históricas e que está em alta na América do Sul

Matéria: Divulgação
Foto: Envato Elements

A boa fama do Uruguai está crescendo entre turistas do mundo todo, transformando o país em um destino “na moda” no cenário sul-americano. De acordo com o Ministério do Turismo do país, no final do terceiro trimestre de 2023, o número de viajantes estrangeiros já tinha superado o do ano anterior. Só no primeiro semestre de 2023, foram mais de 1,2 milhões de visitantes. Os brasileiros têm uma parte importante desta estatística: além de ficar apenas atrás da Argentina em volume de turistas, no terceiro trimestre de 2023 houve um crescimento de 47% de viajantes de nosso País em relação ao mesmo período do ano anterior.

De olho nesta tendência, tem crescido o número de opções de voos para o Uruguai. Um exemplo recente é a rota Curitiba-Montevidéu, que sai do Aeroporto Internacional Afonso Pena (CWB) e é operada pela Azul Linhas Aéreas. Lançado no final de outubro de 2023, o voo direto, de aproximadamente 2h20 de duração, é uma opção prática e muito atrativa para viajantes paranaenses e moradores das regiões Sul e Sudeste que estejam interessados em conhecer de perto a histórica e charmosa capital uruguaia.

Com quatro voos semanais para Montevidéu, a rota veio para ampliar as opções de voos internacionais diretos do Aeroporto Internacional Afonso Pena, que já oferecia Buenos Aires e Santiago. A rota é curta e leva os passageiros locais a um dos destinos que mais tem crescido no cenário turístico sul-americano. A capital uruguaia tem atraído a atenção de viajantes interessados em desfrutar de uma cidade culturalmente complexa, segura, rica em história, e com opções gastronômicas variadas.

Mas, afinal de contas, o que o Uruguai tem? Por que o pequeno país localizado ao sul do continente tem conquistado a simpatia de tantos viajantes ao redor do mundo?

A designer curitibana Marcela Cardoso visitou recentemente a capital uruguaia acompanhada do namorado e compartilhou algumas de suas impressões sobre o destino. Segundo ela, o primeiro grande atrativo é a praticidade do roteiro: “A viagem em si é gostosa e rápida, chegamos em poucas horas. É um país lindo! Ficamos interessados em conhecer outros lugares da região e revisitar alguns pontos turísticos com mais tempo”, conta. O aspecto histórico, em suas mais diversas vertentes, foi outro fator determinante para a escolha do destino: “Para meu companheiro, a questão do futebol foi determinante. O Estádio Centenário foi uma parada obrigatória, além do monumento ‘Onde as Aranhas Dormem’, que marca o local onde aconteceu o primeiro gol de uma Copa. Quanto a mim, estava especialmente ansiosa para conhecer a Casa Pueblo, localizada em Punta Ballena, uma península próxima de Montevidéu, que foi construída durante a vida do artista Carlos Páez Vilaró. É simplesmente maravilhoso”, afirma.

A região central de Montevidéu se destaca pelo pluralismo arquitetônico e variedade de opções turísticas. Conhecida como Ciudad Vieja, a área histórica tem atrações como a Praça Independencia, a Puerta de La Ciudadela, o Palacio Salvo, o Teatro Solís, entre outros pontos dignos da atenção de viajantes, todos próximos e a uma caminhada de distância. Um passeio pela Rambla da cidade, uma larga avenida que margeia o icônico Rio da Prata, também está entre as opções imperdíveis da capital uruguaia. Se a intenção for visitar outros pontos mais afastados do centro, como os bairros de Pocitos, Punta Carretas e Carrasco, há boas opções de transporte por ônibus. Para quem quer sossego e um passeio repleto de belos cenários para atualizar as fotos em redes sociais, os parques Rosedal e Rodó são ótimas alternativas.

Mundialmente conhecida pela excepcional qualidade de suas carnes e pelo famoso doce de leite, Montevidéu não irá decepcionar quem visitar a cidade em busca de memoráveis opções gastronômicas. Uma boa recomendação é o tradicional Mercado del Puerto, local que reúne vários restaurantes com comidas típicas e pratos para todos os gostos. “A gastronomia da cidade é extraordinária, os pratos sempre muito bem servidos. No Mercado del Puerto, nossa dica é não deixar de provar a paella”, aconselha Marcela.

Hospitaleiros e receptivos, os uruguaios costumam tratar muito bem os viajantes brasileiros. A designer conta que alguns prestadores de serviço, inclusive, se arriscam no português. Ainda assim, ela aconselha que quem for conhecer o país estude o básico de espanhol para facilitar a comunicação. Outra dica é planejar bem os roteiros com antecedência: dependendo do tempo de permanência, é possível dar uma esticadinha a outros pontos famosos do turismo uruguaio próximos de Montevidéu, tais como Punta del Este e Colonia del Sacramento.

Apesar de não exigir passaporte, é importante que o viajante leve documentos com fotos atualizados e é obrigatório que ele tenha um seguro-viagem válido para o período em que ficará no País. Ainda assim, o processo burocrático é surpreendentemente mais simples se comparado ao de outros destinos internacionais.

Atrativa, rápida e exótica, e viagem à capital uruguaia é uma opção mais do que recomendada a quem está procurando um destino turístico alternativo para conhecer durante as férias ou mesmo num período curto de descanso. O voo direto saindo do Aeroporto Internacional Afonso Pena traz enorme comodidade e praticidade a passageiros paranaenses e de outras localidades da região Sul.

Sobre a CCR Aeroportos

A CCR Aeroportos é uma divisão de negócios do Grupo CCR que opera 20 aeroportos no mundo, firmando sua presença em quatro países e nove estados brasileiros. Com a recente expansão a empresa se consolidou como uma das maiores operadoras em número de aeroportos no Brasil. Ao todo administra 17 aeroportos brasileiros: São Luís e Imperatriz, no Maranhão; Palmas, no Tocantins; Teresina, no Piauí; Petrolina, em Pernambuco; Goiânia, em Goiás; o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, por meio da BH Airport, e o Aeroporto da Pampulha, em Minas Gerais; Curitiba, Bacacheri, Londrina e Foz do Iguaçu, no Paraná; Navegantes e Joinville, em Santa Catarina; e Pelotas, Uruguaiana e Bagé, no Rio Grande do Sul. No exterior, a empresa opera os aeroportos de Juan Santamaria (Costa Rica), Quito (Equador) e Curaçao (Antilhas Holandesas). Em todas estas operações, a CCR Aeroportos movimenta cerca de 42 milhões de passageiros por ano.

Leave a Response