terça-feira, 20 fevereiro, 2024
Teatro

Com elogios ao texto, montagem e atuações de REGIANE ALVES, MARINA ELIAS e BRUNO FERIAN espetáculo retornou ao Tucarena, no dia 19 de janeiro, para uma curta temporada

Crédito: Leekyung Kim

“NOSSO IRMÃO”

Texto: Alejandro Melero | Direção: Dan Rosseto

Matéria: Divulgação
Foto: Leekyung Kim

“Em um texto repleto de melodrama e reviravoltas, Alves habilmente interpreta a filha astuta, ansiosa para liquidar todos os bens e vender a casa.
Este é um papel familiar para a atriz, mas que oferece novas
possibilidades à medida que a encenação se desenrola.
Elias é meticulosa, na função de irmã do meio, que frequentemente desempenha um papel de neutralidade entre os irmãos. Domina esse arquétipo em várias ocasiões e equilibra-se diante da agitação constante de Tereza.
Ferian demonstra total compreensão da complexidade da sua personagem, sem cair na caricatura. Jacinto é real, crível e sensível, além de manter as características clássicas do filho mais novo de qualquer família: mimado e provocador.
Sem dúvida, é uma das melhores interpretações desta temporada”.
Celso Faria – Crítico de Teatro

Escrito pelo espanhol Alejandro Melero e com direção de Dan Rosseto, o espetáculo NOSSO IRMÃO, já montado na Espanha, Uruguai e Peru, se baseia nos traumas e no humor das relações familiares para convidar ao debate sobre o direito de escolha de pessoas com deficiência ou com transtorno do espectro autista (TEA).

NOSSO IRMÃO conta a história do reencontro dos irmãos Teresa, Maria e Jacinto, após a morte de sua mãe. Na casa da família, onde a matriarca cuidava de Jacinto, que possui uma deficiência intelectual, as irmãs se envolvem em uma busca pelo testamento, que passa a fazer parte de um jogo de interesses em torno dos bens da família e da guarda do irmão. Ao longo do caminho, os três terão que se conhecer novamente enquanto enfrentam os fantasmas, os conflitos e os segredos de família.

Com Regiane Alves, Marina Elias e Bruno Ferian, os três irmãos precisam desfazer suas mágoas para criar vínculos emocionais verdadeiros e enterrar de vez as lembranças de sua mãe.

“O jogo cênico criado a partir dos embates psicológicos entre os irmãos, faz do público o voyeur da história, observando as cenas de diferentes ângulos e captando variadas nuances do trio”, afirma o diretor Dan Rosseto. “Me interessa, como diretor, captar a dor humana e este texto é potente em trazer diferentes camadas de cada um deles: os traumas, o humor, as feridas não cicatrizadas e questões familiares profundas”.

Serviço:
Nosso irmão (de 19 de janeiro a 03 de março)
Gênero: Comédia dramática
Quando: Sexta e sábado às 21h e domingo às 18h
Local: Tucarena (Rua Bartira, 347 – Perdizes, São Paulo)
Ingressos: R$ 80 (sexta) e R$100 (sábado e domingo)
Duração: 90 minutos
Classificação: 12 anos
Modalidade: Adulto
Capacidade: 288 lugares

Ficha técnica:
Autor: Alejandro Melero
Direção: Dan Rosseto
Assistente de direção: Carolina Stofella
Elenco: Regiane Alves, Marina Elias e Bruno Ferian
Cenografia: Kleber Montanheiro
Cenotécnico: Evas Carretero
Assistente de cenotécnico: Sérgio Murilo, Elvis Pereira e Murilo Inforsato
Figurinista: Priscila Soares
Confecção de figurinos: Amanda P. Bruno
Produção de figurinos: Laura da Matta e Nathalia Campos
Desenho de luz: César Pivetti
Visagismo: Louise Helene
Produção musical: Dri Barea
Estúdio de gravação: Nascer do Som
Violões: Gui Silveira e Dri Barea
Piano: Gabriel Francis
Violino e trompete: Jeff Anastácio
Sonoplastia: Gabriel Francis
Preparador vocal: Gilberto Chaves
Operador de luz: César Pivetti
Operador de som: André Papi
Diretor de palco: Vinicius Hideki
Contrarregragem: Giovanna Campanharo
Camareira: Lili Santa Rosa
Fotógrafo de estúdio: Pino Gomes
Identidade visual: Leonardo Ferrari
Designer gráfico: João Ares
Mídia social: Karine Azevedo e Felipe Rasmussen
Captação e criação de conteúdo audiovisual: Gatú Filmes (Arthur Bronzato e Gabriel Metzner)
Assessoria de imprensa: Flavia Fusco Comunicação
Tradução: Luzia Ainhoren
Assessoria jurídica: Luciana Esteves
Assistente de produção: Marina Branco
Produção executiva: Fábio Camara e Rodrigo Lopes
Coordenação geral: Bruno Ferian
Realização: Mercúrio Cultural

1 Comment

  1. Uma peça notável que merece ser vista! O retorno ao Tucarena dessa produção, com suas atuações autênticas de Regiane Alves, Marina Elias e Bruno Ferian, foi uma excelente escolha. O texto é cativante, a montagem é bem executada e as performances dos atores são verdadeiramente convincentes. Uma experiência teatral que vale a pena conferir para quem aprecia um bom trabalho artístico.

Leave a Response