domingo, 21 abril, 2024
Cinema

Curador e membro crítico de festivais de cinema nos EUA revela como apreciar filmes como um especialista

Crédito:

O brasileiro Mateus Hueb destaca os critérios gerais que são considerados ao analisar obras cinematográficas

Matéria e foto: Divulgação

Os filmes indicados e premiados em festivais de cinema passam por uma série de critérios que são avaliados por curadores e críticos. Durante o processo, são considerados diversos elementos que compõem uma obra cinematográfica, desde a direção até a fotografia, passando pela atuação, trilha sonora, roteiro e montagem. Para ajudar a avaliar esses aspectos, os críticos utilizam alguns parâmetros  que servem como guia para a análise de um filme.

De acordo com Mateus Hueb, produtor de cinema e membro crítico responsável por realizar a curadoria de filmes para festivais nos EUA,  como o Hollywood Brazilian Film Festival e o Filmatique, os critérios variam entre um festival e outro, como limite de duração, temas específicos, temáticas, e etc. “Apesar de que cada crítico tem sua própria opinião e seus próprios critérios, há algumas características que são valorizadas em geral que servem, inclusive, para a avaliação dos filmes selecionados para o Oscar”, afirma o profissional que dentre inúmeros trabalhos esteve na equipe do Diretor Pedro Kos no curta documental indicado ao Oscar Onde Eu Moro (Lead Me Home).

Sendo assim, ao prestar atenção nesses aspectos é possível avaliar com mais precisão a qualidade de um filme, apreciar melhor a obra cinematográfica e, a partir daí, ser capaz de emitir uma opinião sobre uma determinada obra embasada em argumentos mais sólidos. Confira as dicas do especialista:

Direção: Um dos principais aspectos avaliados pelos críticos é a direção. O diretor é responsável por conduzir a narrativa do filme, escolher o elenco e definir o visual da obra. A habilidade do diretor em criar uma atmosfera envolvente e emocional é um dos principais fatores que determinam o sucesso do filme.

Performance: outro aspecto importante é a atuação dos atores. A capacidade de interpretar um personagem de maneira convincente e emocionalmente impactante é essencial para a qualidade do filme. A química entre os atores e a forma como eles se relacionam na tela também são fatores que influenciam na avaliação dos críticos.

Roteiro: a qualidade do roteiro é outro aspecto avaliado pelos críticos de cinema. Um bom roteiro deve ter uma narrativa clara e coesa, personagens bem desenvolvidos e diálogos realistas. A originalidade do enredo e a capacidade de surpreender o público também são características valorizadas pelos críticos.

Fotografia e trilha sonora: fotografia e a trilha sonora também são elementos que contribuem para a qualidade do filme. A fotografia deve ser bem trabalhada, com uma composição de quadros que crie uma atmosfera envolvente. A trilha sonora deve estar em harmonia com a narrativa e deve ser capaz de transmitir as emoções dos personagens.

Estrutura: a estrutura refere-se à forma como a narrativa é construída e organizada dentro do filme, e é um aspecto importante para o sucesso e impacto da obra. Ela é geralmente dividida em três atos principais: o primeiro que estabelece a história, apresentando os personagens e suas motivações; o segundo ato desenvolve a trama e cria o conflito principal; e o terceiro ato resolve o conflito e conclui a história. Cada ato é composto por diversas cenas que ajudam a construir a narrativa e a desenvolver os personagens. Uma estrutura bem construída permite que o público se envolva emocionalmente com os personagens e a trama, criando um senso de identificação e empatia.

Originalidade/Criatividade: Um dos aspectos mais importantes avaliados pelos críticos é a originalidade. Um filme que traz algo novo e diferente é sempre bem visto. Por exemplo, a originalidade pode ser avaliada de forma mais ampla, considerando não apenas a história, mas também a forma como o filme aborda temas importantes, como questões sociais e políticas. A inovação técnica também é um aspecto que pode ser valorizado em festivais, como o uso de novas técnicas de animação ou a utilização de novas tecnologias.

Além disso, os festivais de cinema também observam a relevância cultural do filme. Filmes que trazem à tona questões importantes e relevantes para a sociedade, como racismo, desigualdade de gênero e mudanças climáticas, são valorizados. A diversidade também é um aspecto importante, e os festivais buscam premiar filmes que trazem representatividade de diferentes grupos sociais.

Agora que os cinéfilos a sutis apreciadores de obras cinematográficas já têm uma ideia do que avaliar, a próxima etapa, segundo Mateus, é assistir a um filme, seja um curta-metragem, um longa ou um documentário, e comentar com base nos critérios acima,  e, assim indicar ou não aos seus amigos.

Leave a Response